Home / Estudantes / Procedimentos após a chegada ao Brasil


Procedimentos após a chegada ao Brasil

Alguns procedimentos necessários, que devem ser feitos imediatamente após a chegada à sua cidade destino.

  1. Para sua segurança, para poder renovar documentos, para ter um apoio em caso de maior necessidade, o aluno envia para a Embaixada a solicitação de REGISTO CONSULAR. Para isso: - solicitação por escrito enviada por correio, fotocópia do passaporte, com a primeira página, a de dados pessoais e aquela onde figura a data de entrada no Brasil, carimbada na fronteira.

Fotocópia do bilhete de identidade (ambos os lados).

      Envio dos dados de contacto:

- Endereço para correspondência, endereço electrónico, telefone fixo do local onde vai residir, número de telemóvel próprio ou numa primeira fase de alguém amigo.

  1. Dirigir-se à UNIVERSIDADE onde foi colocado.

Secção ou Posto Avançado - Directoria Acadêmica do seu curso.

Em cada universidade que recebe alunos por convénio(Cabo Verde-Brasil)

há um funcionário que é responsável pelos alunos estrangeiros ao abrigo deste convénio, sejam eles bolseiros ou só com vaga.

Fazer a sua apresentação. Aí se demonstrará que faz parte da lista que o Ministério da Educação enviou com alunos seleccionados.

O aluno deverá levar os seguintes documentos:

- Cópia do passaporte (1ª folha, folha dos dados pessoais, folha carimbada na fronteira aquando da  entrada Brasil. Levar o passaporte também.

            - Cópia da documentação do 12ºano. Levar originais para atestar a cópia.
            - Carta de apresentação que a Embaixada do Brasil em Cabo Verde deu ao Aluno.
            -  Termo de compromisso, assinado em Cabo Verde, onde consta que aceita o curso, que tem por objectivo principal estudar e que tem recursos para  viver no Brasil.

           Na Universidade o aluno deve pedir a declaração de matrícula. Fazer cópias.
           Deverá escolher em seguida as disciplinas do semestre . É conveniente ter o   apoio de um outro aluno do mesmo curso.

  1. Dirigir-se à RECEITA FEDERAL para fazer a inscrição de cadastro de Pessoa Física (CPF). Obrigatório para qualquer pessoa residente no Brasil.

De imediato recebe um número. Este número CPF é-lhe atribuído gratuitamente e o aluno manterá o mesmo ao longo de toda a sua permanência no Brasil.

O cartão será posteriormente enviado pelo correio, sem despesas. (média duas semanas).

            Levar passaporte, declaração de matrícula na universidade.

  1. POLÍCIA FEDERAL - Departamento de estrangeiros

Deve apresentar - fotocópias de TODAS as folhas do passaporte, mesmo as que estão em branco, 2 fotografias ¾,  número do CPF, cópia da declaração de matrícula na universidade, formulário com dados pessoais entregue ao aluno pela Embaixada do Brasil em Cabo Verde e endereçado à Polícia Federal.

Depois deste registo, o aluno dirige-se ao Banco do Brasil, para pagar a taxa de emigração e o pedido de carteira de estrangeiro residente. ( em 2007 rondou os 120 Reais).

O aluno volta à Polícia Federal, mesmo balcão de estrangeiros, na posse do comprovante de pagamento das taxas.

O polícia tira a impressão digital, e o aluno recebe um cartão de inscrição já com um número pessoal. A carteira ser-lhe-á enviada posteriormente, por correio.

Atenção, a validade desta carteira é de um ano. É obrigatória a renovação antes de completar essa data. (O aluno pode ser deportado caso não cumpra esta norma).

  1. Abrir Conta Bancária - Conta universitária

(Banco do Brasil, Banco Santander, Caixa Econômica Federal,... )
Para isso:

- Levar cópia de passaporte e original.
- Número de CPF ( o aluno ainda não tem o cartão, mas tem um número)
- Cópia de comprovante de matrícula na universidade e original.
- Dados do local onde vai residir. Morada completa, código da área de residência.
 

É-lhe atribuída uma conta e o cartão ser-lhe-á enviado por correio.

  1. Após estes procedimentos o aluno deve enviar à Embaixada:

           -  original comprovante de matrícula.
           -  cópia do passaporte ( folhas onde figuram dados pessoais, número de   Passaporte, carimbo de entrada no Brasil, cópia do CPF, cópia do número  de cartão de estrangeiros).

             Se o aluno vai ter direito a uma bolsa, deve enviar também a cópia  do Número da sua conta bancária, agência e cidade.

             Aluno bolseiro, uma vez encaminhada a documentação à Embaixada, e desde  que, os pais ou responsáveis do aluno em Cabo Verde, tenham assinado o contrato junto à FICASE em Cabo Verde, o estudante estará apto a receber a sua bolsa.


EMBAIXADA DE CABO VERDE NO BRASIL

http://www.embcv.org.br/portal/modules/mastop_publish/?tac=Procedimentos_ap%F3s_a_chegada_ao_Brasil